quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Carnaval: 9 fantasias de última hora fáceis de fazer

O carnaval está chegando e você ainda não preparou sua fantasia? Ainda dá tempo! E o melhor de tudo, é fácil e barato. Confira as 9 fantasias selecionadas para você festejar com estilo:

1. Vestido preto, óculos de sol, colar de pérolas: Audrey Hepburn


2. Camisa havaiana, colar de flores, máquina fotográfica: turista

3. Cartolina, canetinha e uns recortes: foto do Instagram


4. Gorro, camisa listrada e máscara: ladrão

5. 2 cortes com a tesoura: Regina George, de Meninas Malvadas


6. Maquiagem: filtro de Snapchat


7. Body preto, orelhinhas e uma amiga: emoji


8. Macacão e chapéu de palha: espantalho


9. E, em último caso… “Erro 404: Fantasia não encontrada”



(Fonte: ohmymag)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Marylin Monroe o loiro poderoso que influenciou a indústria cosmética.

Nos anos 50 temos um maior desenvolvimento da indústria de cosméticos. Surge também várias técnicas novas para tornar as mulheres loiras. A grande referência foram os cabelos da atriz Marylin Monroe, uma atriz e modelo norte-americana. Famosa por interpretar personagens conhecidas como "loira burra", tornou-se um dos sex symbols mais populares da década de 1950,  que vira febre e todas as mulheres começam a imitar. Mesmo depois de muitas décadas essa grande estrela ainda é grande influência para muitas leituras de moda lançadas na atualidade. “Nascida e criada em Los Angeles, Monroe passou a maior parte de sua infância em lares adotivos e um orfanato, além de ter casado pela primeira vez com apenas dezesseis anos. Enquanto trabalhava numa fábrica que ajudava na Segunda Guerra Mundial em 1944, ela conheceu um fotógrafo e iniciou uma carreira bem-sucedida de modelo pin-up. Seus trabalhos renderam-lhe dois contratos de filmes de curta duração com a 20th Century Fox (1946–1947) e Columbia Pictures (1948). Após uma série de papéis em filmes pequenos, assinou um novo contrato com a Fox. Rapidamente se tornou uma atriz popular com papéis em diversas comédias, incluindo As Young As You Feel (1951) e Monkey Business (1952), além dos dramas Clash by Night (1952) e Don't Bother to Knock (1952). Nesta época, Monroe causou escândalo quando foi descoberto que havia posado para fotos nuas antes de se tornar atriz, mas a história aumentou o interesse pelos seus filmes.”
Em meio a tantas polêmicas as loiras tem muito a agradecer a essa grande estrela, por tornar os tons loiros tão desejados, fazendo com que muitas adeptas se sintam tão únicas quando transformadas, que se enxergam tão poderosas como uma grande Diva da TV.


(Fonte: Wikipedia)

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Glitter no cabelo é nova aposta para o Carnaval

O Carnaval já está chegando e nada melhor do que fugir do óbvio para curtir a folia!

(Reprodução/Instagram)
Carnaval é glitter, certo? Glitter no corpo, nas unhas, nos olhos e agora, nos cabelos!

Para deixar sua folia ainda mais colorida e brilhante, colocar glitter na raiz dos cabelos — e porque não ao longo dos fios?— é uma ótima pedida, porque pode, além de deixar até uma fantasia mais simples, algo super legal, transformar um look básico em uma produção pronta para o bloquinho.

Confira um pouco dessa tendência:


Para saber tudo sobre o mundo cabelos, clique aqui!


(Fonte: estilo.abril)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

15 respostas que pegam mal na hora da entrevista de emprego


1. “Sim”, “não”, “é”, “talvez” ou “aham”...

Respostas monossilábicas indicam que você queria estar em qualquer outro lugar, menos naquela entrevista.

2. “Tenho flexibilidade de horário, mas depende do salário”

Falar de dinheiro sempre é delicado, espere o tema vir à tona e não coloque uma condição atrelada a uma resposta.

3. “Tipo assim meo, tô muito afim deste emprego”

O selecionador não é seu amigo, então não é legal usar gírias na entrevista.

4. “Eu devo ser contratado, pois estou há mais de um ano desempregado e preciso muito de um emprego”

Na hora da entrevista, deixe o desabafo de lado e foque nos seus diferenciais, na sua força de vontade e no quanto você quer aquela oportunidade.

5. “Daqui a cinco anos eu quero ter ganhado na loteria e viver de renda”

Vamos falar sobre ‘ser engraçado’. Fazer piada na entrevista não rola, meu camarada! Senso de humor é ótimo e ajuda muito, mas de mãos dadas com o bom senso.

6. “Não, eu não gosto de trabalhar em equipe, mas precisa, né?”

Sim, você deve ser verdadeiro na entrevista, mas cuidado para não ser vítima do ‘sincericídio’.

7. “Estou procurando um novo emprego, pois eu detesto meu chefe atual”

Falar mal de antigos empregadores ou das empresas onde você trabalhou mancha a sua imagem. A ideia passada é: se ele fala mal da empresa atual, falará mal da minha também.

8. “Meu lema é: se quer bem feito, faça você mesmo”

Ih, rapaz, a arrogância apareceu nessa resposta e você voltou duas casas no jogo do processo seletivo. Seja modesto e evite jargões batidos.

9. “Referências minhas? Meu chefe me ama!”

Não tente inflar as respostas, caro amigo. Na maioria das vezes, dá ruim! Se você tem um bom relacionamento com seu antigo empregador diga que ele vai poder atestar o quanto você era um bom profissional, capaz e comprometido.

10. “Meu ponto a melhorar? Sou muito perfeccionista”

Essa até dói no ouvido do recrutador de tão batida que é. Uma boa dica é pensar em algo que é mesmo seu ponto fraco, mas que não é essencial para desenvolver o seu trabalho.

11. “Isso não é da sua conta”! (ou algo parecido com isso)

Algumas perguntas pessoais podem surgir. Esteja aberto para respondê-las e se achar muito invasiva, seja breve, mas não mande nada como “Não te interessa”!

12. “Difícil essa pergunta” ou “Nossa, não sei nem como começar a responder”

Às vezes uma pergunta pode te pegar de surpresa. A melhor dica mesmo é treinar suas respostas antes de ir para a entrevista.

13. Sim, meu nível de inglês é avançado”. Vamos fazer uma parte da entrevista em inglês, então? – “É... hum... cof cof”

Vender no currículo e na entrevista uma característica, uma qualificação ou um conhecimento que você não possui é um dos piores pecados que você pode cometer no processo seletivo.

14. “Desde quando eu tinha seis anos eu já sabia que queria ser arquiteto. Um dia meu pai me levou em tal lugar...” (dar muita volta para formular a resposta)

Evite fazer rodeios ou se prolongar muito para dar uma resposta. Seja objetivo a fim de ter tempo de detalhar sobre o que realmente interessa. Uma comunicação clara, concisa e direta é a melhor pedida.

15. Falar muito em ‘tecniquês’

Usar uma linguagem muito técnica e cheia de siglas soltas pode afastar o selecionador. Deixe para usar quando passar para a fase da sua área. Saber se adaptar aos diversos cenários da seleção é uma jogada muito inteligente.

Agora que já está preparado, cadastre-se aqui e inicie seu sucesso profissional!

(Fonte: Catraca Livre - Texto por Larissa Meiglin, Catho)

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Lançamento Pó descolorante Violeta BLOND ULTRA FAST!

Além de lançar uma linha maravilhosa e que tem conquistado a preferência de inúmeros profissionais beleza, desde o seu nascimento. A ImBeauty tem o compromisso de trazer novidades a todo momento. E por isso em 2017, surge com o seu primeiro lançamento. 

Quais são os diferenciais do pó violeta BLOND UNTRA FAST?

Sua proposta é clarear de forma rápida até 7 tons e ao mesmo tempo tratar na medida que clareia. O óleo de macadâmia inserido em sua fórmula permite atingir os resultados de loiros claríssimos perfeitamente uniformes sem trazer dados à fibra capilar. Basta seguir todos os critérios de análise e testes de mecha convencionais a todos os serviços de transformação que os resultados serão incrivelmente belos. A proposta do pó Violeta BLOND ULTRA FAST é obter cabelos claros e saudáveis em muito menor tempo. Um outro diferencial é a sua flexibilidade de mistura se adequando com tranquilidade a variadas técnicas de descoloração e mechas escolhidas. Sua diluição indicada para os melhores resultados pode variar de 1: 1-5 a 1:2.



Pontos de destaque:
Exclusiva tecnologia - Violeta BLOND ULTRA FAST
         (Age em menor tempo que os demais pós) 
Possui consistência mais homogênea 
Quando realiza-se as medidas indicadas, não infla!
Possui Perfume agradável
Dust free



E quanto ao nosso tradicional pó azul?
  
O nosso pós descolorante Azul Mixcolo plus - continua sendo comercializado, normalmente, pois além de ter conquistado o gosto de inúmeros profissionais, a sua qualidade também é incontestável, em especial pelo poder de clareamento e maior rentabilidade (medida 3 X1 ). Importante destacar, que entre os dois, não existe melhor ou pior, O poder do pó Azul também é maravilhoso, porém chega de forma mais branda ao resultado de clareamento final, o que dá mais tranquilidade para o profissional trabalhar em cabelos que exigem um cuidado maior nos serviços de descoloração e decapagem. De forma resumida, podemos dizer que a partir de 2017, os profissionais terão duas poderosas ferramentas a sua disposição, basta escolher a que melhor se adequará à sua necessidade. 

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Mantenha a cor vibrante dos cabelos tingidos com sete cuidados

Temperatura da água e falta de hidratação podem desbotar a tintura mais rápido

A satisfação de sair do salão como tom de tintura exatamente do jeito que você queria dura pouco se os fios não forem bem cuidados. O cabelo tingido desbota com facilidade por causa da ação do sol, da água, de produtos químicos e uma série de fatores externos. Para driblar esses problemas e prolongar o efeito pós-tintura, pedimos a cabeleireiros que elegessem os sete principais cuidados que você pode ter em casa, além do retoque periódico da cor no salão. Aproveite!


Hidratação profunda

A coloração retira os nutrientes e a umidade dos fios, fazendo com que eles fiquem ressecados e com a cor desbotada. "Após a coloração, faça hidratação com frequência", recomenda a hairstylist Viviane Costa, do Studio de Beleza Sonia Nesi. Dependendo de como estiver o seu cabelo, é recomendável até fazer uma hidratação antes da tintura para amenizar o ressecamento. 

A frequência de hidratação vai depender de como é o seu cabelo: muito seco, oleoso etc. Na maioria das vezes, é recomendado fazer uma hidratação caseira por semana ou a cada 15 dias e pelo menos uma hidratação mais profunda no salão por mês.


Shampoo e condicionador

Cuidado com a dosagem de sulfato no produto. "Ele tem ação adstringente e pode ressecar demais o cabelo", explica a hairstylist Viviane. Para acertar na escolha, prefira os shampoos e condicionadores próprios para cabelos tingidos, que já apresentam uma combinação ideal de componentes que realçam a cor, como antioxidantes. Há, inclusive, produtos específicos para a cor que você escolheu: loiro, vermelho etc.


Use água fria

"A água quente tende a ressecar o fio e estimular a oleosidade do couro cabeludo", explica Viviane Costa. A água fria é o inverso: agride menos o cabelo e conserva mais o brilho dos fios com tintura. Se o dia estiver muito frio, aposte em um chuveiro com água morna e passe uma ducha de água fria ao terminar o banho.


Piscina

Ela é vilã dos cabelos de qualquer cor: os fios loiros ficam esverdeados e os castanhos, avermelhados. Invista em hidratação com silicone para deixar o cabelo mais preparado a enfrentar a ação do cloro e outros componentes químicos presentes na água. Se você pratica natação, use uma touca de silicone por cima da touca de pano. Dessa forma, o seu cabelo terá menos contato com a água.


Filtro solar

O cabelo sofre com a exposição solar tanto quanto a pele. "Os raios UV afetam a estrutura interna do cabelo, comprometendo a saúde dos fios e fazendo com que os pigmentos de cor oxidem mais rápido, ou seja, a cor fica desbotada", explica o hairstylist Marcellus Sliachticas, do Oásis Centro Integrado de Beleza. Por isso, use leave-in com FPS e chapéu.


Lavar os cabelos todo dia

A frequência com que você deve lavar as madeixas vai depender do tipo de cabelo que você possui. Se a raiz ficar oleosa demais, por exemplo, talvez seja interessante lavar todos os dias. Se você tem cabelo ressecado, até pode lavá-lo todo dia, mas precisará ter um cuidado redobrado em usar produtos adequados para manter a cor. "A qualidade do cabelo e o nível de porosidade influencia o desbotamento", afirma o hairstylist Marcellus. A atenção de lavar na frequência ideal e com produtos certos ajuda a melhorar essas características.


Combinar químicas

Você é daquelas que vai ao salão e aproveita para sair com tudo: tintura, escova progressiva e o que mais tiver de tratamento? Vá com calma, pois quanto maior a quantidade de processos químicos realizados, maior deverá ser o cuidado com os fios. "Alisamento e relaxamento não são indicados junto com coloração, pois eles agem na estrutura interna, externa e na resistência do fio", diz Marcellus Sliachticas. Essa ação abre as cutículas do cabelo e propicia um desbotamento maior. 

Segundo o hairstylist, o cabelo saudável tem as cutículas fechadas para manter o pigmento da cor por mais tempo. Agora, se você faz questão de ter os fios lisos e tingidos ao mesmo tempo, Marcellus até dá uma alternativa: "Caberá ao profissional que você procurou avaliar as condições do seu cabelo e testar as duas químicas em uma só mecha primeiro". Dessa forma, é possível observar qual será a reação do seu cabelo sem comprometê-lo logo de início.


Aqui neste link você pode encontrar os produtos ideais para todos os tipos de cabelo. Verifique qual o tipo do seu e saiba como cuidar ainda melhor deles.


(Fonte: Minha Vida)

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

7 hábitos prejudiciais no escritório que podem te levar ao infarto

Em artigo para a Forbes, a médica Natalia Aarao alerta para alguns hábitos no trabalho que podem ter consequências sérias e levar até a morte.

“A vida corrida em um escritório pode ser muito perigosa. É na rotina profissional que nascem os principais problemas causadores do infarto. Por conta disso, é importante planejar bem o trabalho para evitar hábitos prejudiciais à saúde, adotados para compensar situações como falta de tempo ou muitas tarefas acumuladas”, diz.

1. Fast-Food
Alimentação é com certeza um fator crítico para a maioria das pessoas que trabalham fora de casa. E uma das piores escolhas é também uma das mais optadas.


“Se você é daqueles que não quer sair do escritório nem para comer, se organize e leve alimentos saudáveis da sua casa: frutas, hortaliças, fibras, minerais e laticínios com baixos teores de gordura. Ande sempre com barrinhas de cereais no bolso para os intervalos. Evite refrigerantes”, adverte.

Dica: se você é de SP, tem um site que entrega alimentos orgânicos com preço bem em conta, na sua casa.

2. Sedentarismo
Sabia que quem não se exercita possui um risco duas vezes maior de sofrer doenças do coração, ter pressão alta e desenvolver diabetes?

“Uma nova pesquisa realizada no Canadá demonstra que apenas um minuto de exercício de alta intensidade pode melhorar a sua saúde, tanto quanto 45 minutos de um treino moderado. Isso significa que você não pode mais dizer que não tem tempo suficiente para entrar em forma. Subir alguns lances de escada na hora de almoço pode propiciar um treino rápido e eficaz”, sugere.

3. Álcool
Uma taça de vinho aqui, outra ali tudo bem. O problema está na frequência e quantidade.


“O álcool aumenta a pressão arterial e sua dose máxima diária recomendada é de até 30g de etanol para homens e 15g para mulheres. As quantidades máximas diárias sugeridas dos tipos de bebidas alcoólicas mais comuns são: 2 latas (350 x 2 = 700 ml) ou 1 garrafa (650 ml) de cerveja; 2 taças de 150 ml ou 1 taça de 300 ml de vinho; 2 doses de 50 ml de uísque, vodca ou outra bebida destilada”, explica.

4. Tabagismo
“Fumantes têm três vezes mais risco de sofrerem um ataque cardíaco do que as pessoas que não fumam. Além de causar dependência, o cigarro facilita o processo de adesão de placas de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, e a formação de coágulos também é mais rápida nos tabagistas, o que pode levar ao infarto”, adverte.

5. Estresse
Cada vez mais frequente, causa mais danos do que muitos podem imaginar. É recomendado fazer pausas, por exemplo. relaxar, alongar, massagens, enfim, desconectar-se completamente do trabalho por algum tempo.

“O estresse leva à produção de adrenalina e cortisol, que causam estreitamento das artérias, aumento da pressão arterial e aumento do consumo de oxigênio pelo coração, além de diminuir a imunidade, favorecendo o aparecimento de doenças como o herpes”, alerta.

6. Sono ruim

“Dormir pouco e mal é um hábito que pode trazer efeitos imediatos muito ruins no dia-a-dia, como cansaço, sonolência e falhas de memória, por exemplo. No entanto, o maior risco é cardiovascular. A falta de sono leva à produção de cortisol e adrenalina, semelhante ao que ocorre no estresse. O indicado é um adulto dormir de 7 a 8 horas por noite”, recomenda.

7. Ficar sentado por muito tempo
A maioria dos escritórios não tem opções para trabalhar um tempo em pé, por exemplo. Recomenda-se mexer os pés para baixo e para cima e caminhar de tempos em tempos.

“Pessoas que ficam sentadas durante longos períodos, mesmo em escritórios, estão mais propensas a ter problemas circulatórios. Com o movimento reduzido, a tendência é a pessoa se desidratar, em função do ambiente seco, com ar refrigerado permanentemente ligado e ingestão de quantidade pequena de líquidos. As pernas incham, a pessoa fica desidratada e o retorno venoso diminui, favorecendo a formação de trombose, que podem migrar para o coração, causando um infarto”, conta.

Se você tem um desses 7 hábitos, é melhor ficar de olho na sua saúde. Agora, se você não tem um trabalho, pode se inscrever aqui e concorrer à uma das 50 mil vagas que estão abertas para todo o Brasil.


(Fonte: Inquietaria.99jobs)