segunda-feira, 26 de setembro de 2016

5 coisas que você pode fazer em casa para melhorar sua vida no trabalho

Todos nós queremos encontrar a felicidade no trabalho e em casa, mas 24% dos trabalhadores norte-americanos dizem que achar o equilíbrio está ficando cada vez mais difícil, de acordo com um estudo realizado pela Ernst & Young (EY).

Isso acontece porque o trabalho está tomando o tempo que deveria ser gasto em atividades pessoais. Cerca da metade dos gestores trabalham mais de 40 horas por semana, como destaca o relatório EY, que constatou também que a maioria (55%) de nós termina o ano sem tirar proveito de tempo pago.

Mas especialistas dizem que equilíbrio trabalho-vida é um mito. Vida profissional e vida doméstica não estão separados, há apenas “vida”, e felicidade vem de descobrir uma maneira de combinar os dois sem problemas.

“Não é um eu-trabalho contra um eu-casa. Noventa por cento do sucesso da vida é sobre quem somos e o que trazemos para o dia no trabalho e em casa”, diz Maria Sirois, psicóloga clínica no Centro Kripalu de Yoga e Saúde em Stockbridge, Massachusetts.

Aqui estão cinco coisas que você pode fazer em casa que irão promover a felicidade no trabalho.

1. Pratique Felicidade

A pesquisa descobriu que pessoas felizes se saem melhor no trabalho, por isso, quando estiver em casa, escolha conscientemente as atividades que vai fazer, de forma que elas tragam satisfação, diz Sirois.

“Nosso lar muitas vezes inclui uma lista de tarefas e obrigações. Todas essas responsabilidades podem ser onerosas se você não está bem”, diz. “Quando não criamos uma vida preenchida todos os dias com algo que nos eleva, vamos transferir essa felicidade para o trabalho.”

Ele também pode ajudar a ter um check-in felicidade, acrescenta Tim Bono, que dá palestras sobre a psicologia da felicidade na Universidade de Washington em St. Louis. “Tire um tempo de vez em quando para lembrar-se sobre o que está indo bem”, diz ele, acrescentando: “É fácil se atolar com relatórios, apresentações e outros aborrecimentos no trabalho, mas também é importante lembrar das coisas que estão indo bem para você”.

A pesquisa mostrou que os adultos que tomam apenas alguns minutos a cada semana para refletir sobre o que eles são gratos (mesmo em meio aos estresses da vida) se sentem melhor sobre a vida em geral, relatam mais otimismo sobre sua próxima semana, e até mesmo ficam doente com menos frequência.

2. Programe momentos de micro-recuperação

Muitas vezes trabalhamos no limite e isso pode reduzir nossa produtividade. Uma forma disso não acontecer é fazer pequenas pausas de recuperação.

“São aqueles poucos minutos que você reserva periodicamente para nutrir-se, fazendo atividades que elevam a serenidade ou atividades que aumentam a energia, vitalidade a acalmam,” diz. “O sono também nos ajuda a regular nossas emoções e manter um clima positivo durante todo o dia.”

Sirois sugere agendar estes mini-breaks em seu dia até que se torne um hábito. Ir para um passeio ao ar livre, fazer alguns alongamentos, ler poesia, ou simplesmente uma xícara de chá. Escolher o que fazer vai depender do que te faz feliz.

3. Aproveite seus pontos fortes

Você vai melhorar a sua vida no trabalho quando você usar suas qualidades autênticas, diz Sirois. “Características fortes definem quem você é, como criativo, enérgico, otimista, extrovertido, compassivo, prudente e muito mais”, diz. “É importante compreender seus principais pontos fortes e aproveitá-los, porque eles vão construir o engajamento e a energia.”

Se você não tem certeza de seus pontos fortes, Sirois recomenda o preenchimento do questionário livre em viacharacter.org. “O material é muito pesquisado por cientistas no campo da psicologia positiva e apoiada por dados rigorosos”, diz ela, acrescentando que as pessoas que estão conscientes dos seus pontos fortes encontram uma maneira de aplicá-los no trabalho.

4. Crie limites tecnológicos


Uma pesquisa da CNBC Mobile Elite mostrou que 70% dos executivos sentem que a tecnologia móvel ajuda o trabalho a invadir o seu tempo de lazer.

Às vezes, a melhor maneira de evitar a tentação de trabalhar em casa é criar uma barreira física para ajudar a manter-se presente com a sua família ou amigos, diz Andrew Filev, CEO da Wrike. “Quando você está em casa, mantenha os seus gadgets longe”, ele sugere. “Ou pelo menos silenciá-lo ou considerar usar o modo avião.

“Burnout é uma ameaça real, e não se dar tempo suficiente para recarregar as baterias pode fazer isso acontecer mais rápido e pior”, diz Filev. “Se você descansar e passar tempo com as pessoas que você gosta, você vai encontrar benefícios e vantagens para ir ao trabalho.”

5. Durma o suficiente

Estudos têm demonstrado que a privação de sono pode levar a disfunção cognitiva similar à de intoxicação alcoólica. Ele também nos torna mais reativos a pequenas perturbações.

Pesquisadores do Instituto Finlandês de Saúde Ocupacional em Helsinki descobriram que a quantidade ideal de sono para a energia e bem-estar é de sete a oito horas por noite, de acordo com o estudo publicado na revista médica Sleep.

É fácil deixar o sono cair ainda mais para baixo da sua lista de prioridades quando você tem muito o que fazer. “O que você não percebe, no entanto, é que o cérebro está fazendo um monte de trabalho importante quando dormimos”, diz Bono.

“O sono aumenta a atividade no lobo frontal, que aguça a nossa acuidade mental e nos ajuda a permanecer na tarefa para metas do dia seguinte”, explica ele. “O sono também nos ajuda a regular nossas emoções e manter um clima positivo durante todo o dia.”


(Fonte: Fast Company)



4 desafios do mercado de trabalho que ninguém te conta

Conquistar um bom emprego logo no início de carreira já é um desafio e tanto enfrentado pelos jovens, mas se manter no mercado de trabalho impõe muitos outros, e alguns profissionais só vão descobri-los quando se depararem com eles. Isso ninguém te conta, né? Mas a gente sim.

Confira:

Sua fase de estudos NÃO chegou ao fim


Se você pensa que é só terminar a faculdade e correr para o abraço, melhor alinhar as expectativas. Você até pode estar livre das provas bimestrais e do TCC, mas dos estudos, não! Qualificação - seja com cursos livres ou especialização - é determinante para posicionar bem os profissionais no mercado de trabalho. Sério! Leve essa verdade para a vida!

É melhor ter paciência e ir de mansinho

Um dos grandes desafios dos jovens é compreender que as coisas na vida real não acontecem na mesma velocidade que no mundo virtual, território tão bem dominado por eles. Chegar àquele cargo de liderança vai exigir algum tempo e muita dedicação.

Seu sucesso profissional depende de planejamento


Em grego: strategía, em latim: estratégia, em francês: stratégie. Os senhores estão anotando? ‘Estratégia’ é a palavra de ordem para você chegar lá. Primeiramente, é preciso identificar o que deseja fazer da sua vida profissional, para depois partir para a ação. Estabeleça em que empresa quer trabalhar, qual cargo quer ocupar e foque seus esforços nisso.

Você terá que ser um ninja da produtividade


Os e-mails continuarão a brotar que nem mato na sua caixa de entrada, seu chefe vai te pedir vários relatórios, e tarefas urgentes vão aparecer nesse meio prazo.  Não vai ter jeito... O negócio é esquecer as desculpas e aprender a equilibrar todos os pratos de uma só vez.  Gerencie o seu tempo e tente testar maneiras diferentes de tornar mais eficiente sua rotina de trabalho.


No mais, é preciso colecionar bons resultados para conseguir, no futuro, negociar bem seu passe no mercado de trabalho. 

Não perca mais tempo. Entre agora mesmo para o mercado de trabalho e inicie seu sucesso!


(Fonte: Catraca Livre)

Quais são os problemas de estar sempre procrastinando?

Entenda como deixar tudo para depois influencia sua vida e aprenda como se livrar do problema

Você é do tipo de pessoa que não faz as coisas na hora e deixa tudo para depois? Costuma adiar as ações e as tomadas de decisão? Você se organiza mal e acumula o que tem para fazer? Se você está assim no momento, podemos dizer que vem se comportando como um procrastinador.


"Quem tem o hábito de procrastinar não pode se permitir esperar que uma motivação interna seja a única a dar impulso para agir."

As causas mais comuns para procrastinação são:

  • Desordem, falta de organização de coisas e ideias
  • Não usar uma agenda com anotações das tarefas e funções
  • Falta de energia
  • Baixa autoestima, falta de confiança e não acreditar ser capaz
  • Ansiedade e/ou depressão

Para poder agir e organizar-se no tempo e no espaço é preciso ordem. Seja através de planejamento, anotações para dar rumo ao caminho a ser seguido ou outro tipo de estratégia pessoal. Porém, quem tem o hábito de procrastinar não pode se permitir esperar que uma motivação interna seja a única a dar impulso para agir.

Pessoas que sofrem de doenças emocionais como depressão e ansiedade, alterações hormonais da tireoide, anemia, entre outras, podem apresentar baixa de energia e por isso mostrarem uma grande dificuldade de concentração, falta de motivação e apresentarem problemas para realizar o que é preciso.

Algumas pessoas não confiam em si mesmas como sendo capazes de realizar certas tarefas, porém há um conflito interno por haver interesse de fazer. Ao invés de declinar e confirmar que não farão a atividade, elas adiam, deixando para mais tarde, como se um dia fossem encontrar a coragem necessária para fazer.

Quem vive nesse ritmo – de deixar muita coisa ou tudo para depois – perde oportunidades únicas, momentos especiais e se limita a viver apenas dentro de suas vontades, sem acompanhar o ritmo da vida e as mudanças à sua volta. A perda é grande. Pessoas assim sofrem com suas próprias escolhas de procrastinação.

Normalmente, quem vive nessa condição tem consciência disso, mas nem sempre sabe como mudar. Se conviverem com pessoas mais ágeis e de ação o conflito está estabelecido, pois quem faz agora costuma não aceitar, ou ver com bons olhos, quem deixa tudo para depois.

Para mudar isso imediatamente é preciso:

  • Entender o ponto central do problema, ou seja, qual a razão real de deixar tudo para depois e trabalhar sobre este ponto. Se a questão é baixa de energia, é preciso cuidar do corpo e da mente para reverter isso, seja sozinho ou com ajuda de um profissional qualificado
  • Aprender a estabelecer metas viáveis. Se você não é bom em cumprir prazos, evite por metas curtas e de pouca capacidade de realização
  • Observe como as pessoas que fazem agora pensam, agem e sentem. Perceba o que você pode aprender com elas e inicie seu processo de mudança já
  • Procure ajuda profissional de um psicólogo ou coach que possa lhe ensinar ferramentas pontuais de ação e aperfeiçoamento. 
Não espere para amanha. Cadastre seu currículo na vaga de seus sonhos!


(Fonte: Minha Vida)

6 empresas onde o happy hour agita o ambiente de trabalho

Flexibilidade e descontração são características frequentes nas organizações identificadas no estudo feito pela comunidade de carreiras

Trazer o famoso happy hour de sexta-feira com os colegas de trabalho para dentro da empresa. Essa é a proposta de seis empresas identificadas em um levantamento produzido pelo Love Mondays, plataforma onde funcionários avaliam as empresas em que trabalham. Com base em avaliações sobre 80 mil empresas, foram mapeadas seis empresas legais que, segundo seus funcionários, têm happy hours frequentes.

Groupon, Ambev, Movile, Teleperformance, Buscapé Company e ContaAzul apostam em um clima descontraído e oferecem o happy hour na própria companhia. Em algumas delas é possível, até mesmo, brindar com aquela cervejinha gelada as metas alcançadas ao longo da semana.

Créditos: Reprodução
Além do happy hour, os depoimentos dos funcionários mostraram que em comum essas empresas possuem ambiente informal, dress code e horário flexíveis, além de clima agradável.

Não fique de fora do mercado de trabalho. Saiba onde encontrar o trabalho de seus sonhos mais próximo de você!


(Fonte: Catraca Livre)

18 razões que levam as pessoas a procurarem outro emprego

O alarme toca cedo na segunda-feira. Qual a sua reação? Está pronto para enfrentar o dia? Ainda que você não tenha pensado em demitir-se porque existe a necessidade de manter-se empregado, a insatisfação pode tomar conta e clicar em "soneca" torna-se uma constante.

Se você vivencia a última opção, talvez seja hora de reavaliar sua vida e descobrir qual é o catalisador. Como na maioria dos casos, talvez você descubra que a procrastinação está relacionada ao trabalho. Talvez isso explique porque é normal as pessoas mudarem 4 vezes de emprego até os 32 anos.

Não é todo mundo que tem a chance de sair em busca de outras oportunidades ou de uma mudança radical na vida (Publicitário larga tudo para viver da sua arte). Se você pode mudar (através de buscas pela internet e de networking), mas ainda não tem certeza de disso, observe estes sinais:

1. Você está sempre entediado

Apesar de haver vantagens no tédio - pode ajudar a aumentar a criatividade e te tornar mais orientado aos objetivos - se você está gastando o expediente jogando, fazendo compras, sonhando acordado ou vendo as horas, então, é óbvio que você não está fazendo o tipo de trabalho que te excita ou que te desafia.

2. Você é constantemente deixado de fora

Podem haver algumas razões do motivo pelo qual você não é convidado para as reuniões de equipe ou eventos sociais fora do local de trabalho. Ou é o último a saber sobre os recentes acontecimentos da empresa.

Para começar, você não foi capaz de encontrar uma panelinha. Apesar da amizade não ser a principal razão do porquê você ama seu trabalho, definitivamente, o expediente flui suavemente quando se tem um colega de trabalho.

Outra razão pode ser porque seu chefe, ou colega, não valoriza suas contribuições e ideias. Quando as pessoas não escutam suas opiniões, é fácil entender por que você não se sente um membro importante da equipe.

3. O trabalho não vem naturalmente

Você vê isso o tempo todo no local de trabalho. Sempre tem aquele funcionário que é incansável. Ele é tão produtivo e habilidoso em sua função que faz todos os outros parecerem ruins. E tem aquele funcionário que está com dificuldades para se manter nos prazos e entender tarefas simples.

Isso significa que um é mais inteligente e mais determinado que o outro? Não necessariamente.
Aquele funcionário está jogando com suas forças, então, o trabalho vem naturalmente. Você, por outro lado, não possui as mesmas habilidades. Então, pode acontecer do seu sucesso e da sua fugirem completamente pela janela.

4. Sentindo-se frustrado com seus objetivos pessoais

Todos temos sonhos que nunca abandonamos. Mas, acredite ou não, às vezes um trabalho pouco interessante pode nos ajudar a alcançar esses sonhos.

Por exemplo, se você sempre quis ser um escritor de ficção científica, mas trabalha como redator em uma agência, então, você está melhorando suas habilidades de escrita com o tempo. E, talvez, aprendendo alguns caminhos de marketing que te ajudarão a ter sucesso como autor.

5. Você não está sendo usado corretamente

Se você foi contratado para ser um excelente redator em uma agência, mas eles sequer publicaram um texto seu, por que você deveria continuar? Seus talentos estão claramente sendo desperdiçados e isso aumenta o tempo que você levará para encontrar uma nova empresa que vai realmente usá-los.



(Fonte: Catraca Livre)


Infográfico: 16 dicas para despertar bem pela manhã

Sentir-se bem descansado é crucial para sua felicidade e produtividade, e uma boa noite de sono pode garantir que você seja uma pessoa divertida e produtiva durante o dia. Para despertar bem todos os dias, é preciso manter uma rotina organizada.

É claro que para ter uma rotina saudável e agradável você precisará adaptar um apanhado de dicas e ver o que é melhor para o seu organismo (e humor). Saber exatamente como serão os primeiros 90 minutos do meu dia é encorajador, pois isso te faz sentir no controle, o que por sua vez reduz a ansiedade.

Se você está se sentindo atordoado com mais frequência, é bem provável que precise ajustar a sua rotina. Você está gastando muito tempo olhando para uma tela antes de dormir? Você está jantando muito e atrapalhando o ciclo do sono?

O infográfico abaixo pode te ajudar a identificar possíveis problemas e a reajustá-los para que o sono venha mais cedo.


Infográfico originalmente publicado no site Huffington Post. Traduzido e adaptado pela equipe do Tutano.



(Fonte: Catraca Livre)

WhatsApp estuda bloquear conversas com senha de seis dígitos

O WhatsApp, que já encontra problemas com a justiça brasileira devido à criptografia de suas mensagens levando ao seu bloqueio, pode estar planejando incluir um recurso adicional de segurança em suas mensagens: um senha de seis dígitos para proteger as conversas dos usuários.

Não deixa de ser lógico o fato de o mensageiro tentar implementar mais segurança em seu app depois de ter aplicado a criptografia de dados de ponta a ponta. Isso evita que as mensagens sejam interceptadas na rede, mas não tem qualquer efeito sobre a possibilidade de alguém pegar seu telefone, desbloqueá-lo e começar a ler tudo o que você escreve nas conversas com contatos.

Créditos: Reprodução/Catraca Livre, Tecmundo

Segundo o Android Authority, o vazamento dessa suposta nova funcionalidade veio por meio do programa de tradução colaborativa do mensageiro do inglês para o holandês. Frases como “Digite a senha de seis dígitos atual”, “Senha não confere. Tente novamente.” e “Digite email de recuperação” foram encontradas entre as possibilidades de tradução.

Outra frase ainda estaria sugerindo que o uso de email de recuperação seria opcional ao criar uma senha de proteção de conversas. Isso é curioso pelo fato de que, se o usuário não incluir um email nessa etapa, ele poderia ficar para sempre sem acesso ao app caso esquecesse sua senha.



(Fonte: Catraca Livre / Tecmundo)